Cursos e Treinamentos em Brasília, BH e São Paulo.

Assine a nossa Newsletter.

ACUPUNTURA NO DIABETES - TIPO 2 (DM2)

Você está aqui: Serviços para você > Práticas em Acupuntura > Acupuntura no Diabetes - Tipo 2 (DM2)
Acupuntura no Diabetes

PRÁTICAS EM ACUPUNTURA: no diabetes - tipo 2 (DM2).
 
    1. INDICAÇÃO

Indicado a indivíduos adultos e/ou idosos com diagnóstico de diabetes - tipo2 (DM2) há menos de 06 (seis) anos.

    2. DIAGNÓSTICO MÉDICO

A realização de procedimentos em acupuntura no acompanhamento do paciente com diabetes - tipo 2 requer previamente o diagnóstico médico de diabetes. Converse com o seu endocrinologista referente à complementação do seu tratamento com acupuntura, caso o médico seja favorável, solicite a ele um encaminhamento para acupuntura.

    3. ASSISTÊNCIA MULTIPROFISSIONAL AO PACIENTE COM DIABETES MELLITUS - TIPO 2 (DM2)

Configura-se uma estratégia de saúde de ótimos resultados, o trabalho multiprofissional de forma integrada ao atendimento do paciente com diabetes - tipo 2, abrangendo: a clínica médica em endocrinologia, educação física, farmácia e nutrição nos diversos níveis de assistência à saúde, distribuídos de acordo com a necessidade de cada paciente.

    4. OBJETIVOS GERAIS DO TRATAMENTO / ACOMPANHAMENTO

Prover o cuidado farmacêutico especializado em Práticas Integrativas e Complementares (MTC/Acupuntura) e o serviço de acompanhamento farmacoterapêutico, auxiliado por procedimentos de monitoramento de parâmetros clínicos, numa abordagem multiprofissional de assistência integral à saúde, contribuindo com a otimização do tratamento clínico do diabetes e na prevenção e resolução de agravos relacionados ao uso inadequado e indevido de medicamentos.


 
    5. SERVIÇOS E PROCEDIMENTOS FARMACÊUTICOS

 

5.1 ACUPUNTURA

O que é: É um procedimento multiprofissional de intervenção em saúde que faz parte dos recursos terapêuticos da Medicina Tradicional Chinesa (MTC) e estimula pontos espalhados por todo o corpo, ao longo dos meridianos, por meio da inserção de finas agulhas filiformes metálicas, visando à promoção, manutenção e recuperação da saúde, bem como a prevenção de agravos e doenças. Criada há mais de dois milênios, é um dos tratamentos mais antigos do mundo e pode ser de uso isolado ou integrado com outros recursos terapêuticos da MTC ou com outras formas de cuidado. 
Objetivos: Complementar o tratamento médico, estimulando acupontos que induzem
 a secreção de insulina, favorecendo o controle glicêmico e proporcionando um melhor curso terapêutico no tratamento combinado de medicamentos e acupuntura.

ATENÇÃO:

-  Acupuntura não cura o diabetes;

- A acupuntura é indicada como prática complementar no controle glicêmico, somente nos casos em que o diabetes mellitus - tipo 2 (DM2) foi diagnosticado  menos de 06 (seis) anos. Após 06 (seis) anos de diagnóstico, a acupuntura não apresenta resultados satisfatórios no controle glicêmico.


 

5.2 MONITORAMENTO DE PARÂMETROS CLÍNICOS

O que é: É um procedimento multiprofissional que consiste na verificação do estado clínico do paciente, fundamentado em metodologias científicas.

Objetivos: Monitorar a efetividade e segurança do tratamento, o direcionamento de uma terapia ou o monitoramento do paciente e o rastreamento para identificação dos fatores de risco na promoção da saúde e na prevenção de doenças. O monitoramento dos parâmetros clínicos pode ser solicitado pelo cliente ou pelo médico. Incluem os seguintes procedimentos:

  • Monitoramento de Parâmetros Fisiológicos - Monitoramento da pressão arterial, frequência cardíaca e frequência respiratória;

  • Monitoramento de Parâmetros Bioquímicos - Determinação de níveis capilares de glicose, colesterol e triglicerídeos por meio de equipamentos/dispositivos para autoteste;

  • Monitoramento de Parâmetros Antropométricos - Definição do peso ideal, aferição da circunferência abdominal, avaliação do índice de massa corporal - IMC e avaliação da relação cintura quadril - RCQ.

5.3 ACOMPANHAMENTO FARMACOTERAPÊUTICO

O que é: É um serviço farmacêutico provido durante vários encontros com o paciente, onde o farmacêutico realiza o gerenciamento dos medicamentos em uso, por meio da análise das condições de saúde, dos fatores de risco e do tratamento, possibilitando a implantação de um conjunto de intervenções gerenciais, educacionais e do acompanhamento do paciente durante todo o processo de cuidado.
Objetivos: Prevenir e resolver possíveis problemas relacionados a farmacoterapia, a fim de alcançar bons resultados clínicos, reduzir riscos e contribuir para a melhoria da eficácia e da qualidade da atenção à saúde. Inclui, ainda, atividades de prevenção e proteção da saúde.

5.4 ORGANIZAÇÃO DA ROTINA DIÁRIA DOS MEDICAMENTOS

O que é: É um procedimento farmacêutico que consiste em organizar a rotina diária de medicamentos utilizados pelo paciente, podendo ser feito em esquemas de horários com organizadores diários, semanais ou mensais. 

Objetivos: Simplificar a utilização dos medicamentos e corrigir eventuais erros de administração.

    6. AGENDE SUA CONSULTA

Informações de contato aqui.

Responsável pela provisão do serviço: Esp. Luiz Cesarino Alves - Farmacêutico CRF-DF 8290