Faça parte da nossa lista de e-mails e nunca perca as novidades do nosso site.

Please reload

FLORALTERAPIA

Você está aqui: Para Farmacêutico > As Práticas Integrativas > Floralterapia

Guia Rápido:

Introdução

+ O Perfil do Profissional Farmacêutico

+ Conceitos Básicos da Floralterapia

+ Cuidado Farmacêutico em Floralterapia

+ Resoluções do CFF

+ Links

Imagem meramente ilustrativa

CUIDADO FARMACÊUTICO EM FLORALTERAPIA

    O mais comum é tomar as essências florais por via oral, a partir de um frasco com conta gotas sob a língua, ou então num copo com um pouco de água. Além do uso oral as essências florais são muito eficazes quando absorvidas pela pele em banhos ou aplicações tópicas como em cremes ou sprays (KAMINSKI, 1997).


    O preparo de uma essência floral para bebês deve ser realizado com maior diluição ou diluído apenas em água ou suco. A mãe que amamenta pode tomar ela mesma a essência floral cujo efeito será transmitido ao bebê através do leite. (HOWARD, 1992).


    Os florais não causam efeitos colaterais ou reações nocivas que sejam prejudiciais, não criam dependência psicológica ou orgânica, sendo inclusive reconhecidos pela Organização Mundial de Saúde (LAMBERT, 2003).


    Não existem contra indicações para o uso das essências florais, porém elas devem ser preparadas levando-se em conta as características do usuário.

E-mail:

© 2015 - 2021 farmacêutico.com

O Site das Práticas Integrativas e Complementares

  • Facebook Social Icon