Faça parte da nossa lista de e-mails e nunca perca as novidades do nosso site.

SAÚDE-DOENÇA NA PERSPECTIVA DO YIN-YANG

Você está aqui: Serviços para você > Artigos de OpiniãoSaúde-doença na Perspectiva do Yin-Yang
Saúde-doença e o Yin e Yang

ARTIGOS DE OPINIÃO: Saúde-doença na Perspectiva do Yin-Yang.
 

Por Luiz Cesarino Alves

Farmacêutico Pós-graduado em Acupuntura

   O Yin-Yang é a terminologia utilizada para classificar a (teoria dos opostos complementares) criada pelos Chineses na antiguidade e utilizada até os dias atuais na compreensão e entendimento filosófico dos fenômenos que ocorrem no universo e em todas as coisas que nos cercam, até em nós mesmos, uma vez que também somos partes integrantes do universo.

 

   O conceito filosófico do Yin-Yang (teoria dos opostos complementares) nasceu inicialmente da observação e do interesse do homem primitivo em entender o mundo e ter a possibilidade de se harmonizar com o universo ao seu redor, permitindo compreender os ciclos da natureza e prever seus acontecimentos. Quando o homem primitivo (pré-histórico) observava o

Farmacêutico Acupunturista

por do sol na linha do horizonte e identificava que o momento era de se recolher, pois a noite estava chegando e com ela possíveis riscos, inconscientemente ele estava utilizando conceitos do Yin-Yang. A necessidade de se alimentar, descansar e se preparar para enfrentar os rigores do inverno, conduziu o homem a iniciar um processo de estruturação do conhecimento sobre a natureza para garantir uma melhor interação no meio em que vivia.

   O homem primitivo ao observar o fenômeno do dia e da noite, suas características e dualidade, percebeu ali um ciclo de movimento e transformação, em que o dia finalizava com o início da noite e por sua vez, a noite finalizava com o início do dia, criando um ciclo interminável com duas polaridades com características contrárias, onde um lado não era melhor ou pior que o outro, mas possuíam qualidades diferentes, essenciais e complementares. Uma polaridade caracterizando o dia, expansão, ascendência, claridade, atividade, exteriorização e aquecimento, que os Chineses denominaram de (Yang) e a outra polaridade caracterizando a noite, retração, descendência, escuridão, repouso, interiorização e resfriamento, denominado de (Yin). A partir dessas observações basilares da natureza, se estabeleceu as bases do conceito filosófico do Yin-Yang.

   O Yin-Yang pode ser aplicado em tudo na vida, no trabalho, nas estratégias empresariais, na organização da casa, no planejamento alimentar e até mesmo no entendimento do processo saúde-doença, como é o caso da Acupuntura e de outros recursos terapêuticos da Medicina Tradicional Chinesa (MTC). O conceito do Yin-Yang se apoia fundamentalmente na concepção de equilíbrio de duas extremidades de naturezas opostas. Equilíbrio esse, que só ocorre quando nenhum dos lados sobressai sobre o outro, nem por excesso ou deficiência de alguma parte. Essa concepção de equilíbrio é vista na Acupuntura como saúde e o desequilíbrio como doença, onde o único caminho possível para manter ou restaurar a saúde, é identificando quais os excessos e/ou deficiências que levaram ao desequilíbrio causador da doença.

    O conceito do Yin-Yang é frequentemente utilizado na Acupuntura, desde a avaliação do paciente até na escolha dos procedimentos e recursos terapêuticos utilizados no tratamento. Para que o profissional tenha o completo entendimento e domínio dos recursos utilizados na Medicina Tradicional Chinesa (MTC) e consequentemente na Acupuntura, é essencial o raciocínio clínico embasado no Yin-Yang. Quando um profissional decide realizar uma aplicação de calor em acupontos para tratar doenças associadas ao frio, ele está associando seu tratamento aos conceitos do Yin-Yang no objetivo de restabelecer o equilíbrio do organismo (Homeostasia). Já no caso de processos inflamatórios, onde ocorre à presença de dor, calor e rubor (natureza Yang), o mesmo não é recomendado, pois a inflamação representa um quadro de calor, caso seja aplicado mais calor, o problema se agrava por excesso de calor.

    O conceito filosófico do Yin-Yang desempenha um papel crucial no entendimento dos processos que levam ao adoecimento e é determinante nos tratamentos de restabelecimento da saúde. Viver com saúde, é viver em harmonia e equilíbrio, tanto no aspecto físico quanto no emocional, praticando atividade e repouso, vivenciando o trabalho e o lazer. Ou seja, é viver conforme a “balança” do Yin-Yang.

ALVES, L. C. C. Saúde-doença na Perspectiva do Yin-Yang: farmacêutico.com, 2019.