Cursos e Treinamentos em Brasília, BH e São Paulo.

Assine a nossa Newsletter.

Please reload

ACUPUNTURA

Você está aqui: Para Farmacêutico > As Práticas Integrativas > Acupuntura
Acupuntura-49.jpg
Imagem meramente ilustrativa

OUTRAS MEDIDAS DE PRECAUÇÃO

 

Quando realizar a antissepsia das mãos?

   Antes e após a realização do tratamento de Acupuntura; Entre um paciente e outro e, entre as atividades realizadas no mesmo paciente se, nesse caso, houver contato com fontes importantes de microrganismos.

 

Regras Básicas

   Retirar adereços (anéis, pulseiras, relógios, etc.); as unhas devem estar aparadas e as mãos sempre lavadas.

Vacinação preventiva contra HVB

   Todos os profissionais que trabalham em assistência à saúde devem ser vacinados contra hepatite B.

Principais recomendações durante a inserção das agulhas:

 

  • Agir com máxima atenção durante os procedimentos;

  • Nunca utilizar os dedos como anteparo durante a inserção da agulha;

  • Nunca tentar reencapar agulhas, entortá-las ou quebrá-las;

  • Manter o material a ser utilizado em campo estéril;

  • A ponta da agulha deve ser mantida estéril antes de sua penetração;

  • Após a antissepsia da pele do paciente, não palpar o ponto de inserção;

  • Descartar os materiais perfurocortantes em recipiente específico;

  • Manter os recipientes próximos ao local de realização do procedimento;

  • Descartar o recipiente quando forem atingidos 2/3 de sua capacidade.

Uso de EPI

   A escolha do EPI pelos profissionais de saúde dependerá do procedimento a ser realizado e quando necessárias medidas de precaução específica ou padrão.

EPI: Luvas não estéreis, avental impermeável de manga longa não estéril, protetor ocular, máscara cirúrgica, sapato fechado.

Cuidados com o instrumental: processamento de artigos e padronização de soluções:

- Artigos críticos - penetram tecidos estéreis ou sistema vascular e devem ser esterilizados para uso ou descartados. Ex: agulhas, martelo, pinça, ventosas utilizadas em sangria.

 

- Artigos não críticos - artigos destinados ao contato com a pele íntegra do paciente.
Ex.: ventosas (quando não utilizadas para sangria) requerem limpeza ou desinfecção de médio ou baixo nível..

Fonte
Cartilha Acupuntura do Conselho Regional de Farmácia do estado de São Paulo.